Assine pela reestatização e a não privatização dos novos lotes

Leia nossa política de privacidade.

PRIVATIZAR UM DIREITO HUMANO É A GOTA D'ÁGUA

Os efeitos da privatização da Cedae no Rio de Janeiro já são sentidos pela população. E isso também é evidente nos municípios das regiões Norte e Noroeste: falta água, serviço de má qualidade e conta mais cara.

A universalização do acesso à água potável e ao saneamento básico constitui uma das mais relevantes políticas públicas. Ser público dá acesso a todos sem distinção. Com a privatização, nossa água deixa de ser um direito, passa ser privada, com donos que tem como objetivo o lucro, muitas vezes em posse de empresas estrangeiras.

A privatização dos serviços de abastecimento de água e de coleta de esgoto da CEDAE – Companhia Estadual de Água e Esgoto do Rio de Janeiro – é mais uma demonstração da entrega de bens públicos para o setor privado.

Os sucateamentos dos serviços da Cedae de hoje são fruto justamente da sanha privatista dos governantes que para convencerem a população da necessidade de privatizar, pioram os serviços, além de aplicarem a lógica empresarial em uma empresa pública para atrair investidores. Esses não estão interessados em melhorar os serviços, mas em lucrar.

A privatização encarece os serviços, enfraquece a economia e transforma o que deveria ser público em mercadoria para gerar lucro. Entregar nas mãos de grupos privados os serviços de saneamento é transformar um produto essencial à vida, a água, em lucro para poucos.

Estes grupos privados ficaram responsáveis pela distribuição das águas para a casa das pessoas. Desta forma, os locais com pouca rentabilidade, de “forma inexplicável”, começaram a ter dificuldade de acesso à água.

O mandato de Glauber, está ao lado dos trabalhadores para a manutenção dos empregos das pessoas, na luta contra a privatização do setor de produção. Vencidas essas batalhas, teremos mais força para a reestatização do que foi entregue para a iniciativa privada.

Esta foi a maior privatização do segmento de águas e esgotos, aprovada por Cláudio Castro. As pressões e ameaças do governo sobre o Legislativo na tentativa de viabilizar o leilão denunciam que há muitos interesses em jogo.

Some conosco na luta contra privatização e pela reestatização da Cedae e garantia de emprego de tantos trabalhadores e trabalhadoras. O lucro não deve estar acima da vida!

Reproduzir vídeo

Obs: Para entender, apenas o que está em Azul ainda é produção e distribuição da Cedae. O restante privatizou a distribuição. A produção ainda é da Cedae.

Site desenvolvido e mantido pela equipe do mandato de Glauber Braga, Deputado Federal pelo PSOL/RJ